Frustração pãodemica: meu pão não fez alvéolos



Esse aqui é meu jeito favorito de cortar carboidratos hahahaha. Brinks à parte, venho por meio desta confessar uma frustração de pequenezas quarentenais: meu pão não faz alvéolos como os dos vizinhos de perfil 😂


Cada pão bonito que aparece neste feed e meu pão aqui, com uns buraquinhos modestos. Não consegui dominar o fermento natural, talvez por falta de paciência, talvez porque tive agonia da quantidade de farinha que usa pra fazer manutenção. Apesar de achar inacreditável o poder do que a combinação água + farinha + tempo pode criar. Bonito demais, mas apelei pro fermento que vem no potinho mesmo.


E olhe, conto pra você que os alvéolos (que palavra é essa gente?) não são lá os mais fotogênicos, mas a sensação de completar uma missão com começo-meio-fim nesses tempos que a gente não consegue planejar o amanhã é uma micro-vitória gostosa por demais. Li até um artigo que dizia que completar uma tarefa com clareza de começo, meio e fim, tipo fazer um pão, libera um hormônio de satisfação que deixa a gente mais felizinha. Vai que é por isso que nos EUA até faltou farinha nos estoques dos mercados. Tá valendo tudo pra ficar mais felizinha neste caos.


Do amanhã não dá pra saber, mas se organizar direitinho, sai um pão quentinho.


***

Postei este texto no meu perfil do instagram e vira e mexe falo uns negócios lá. Vai que cê quer me seguir em @cacauaraujo.

Posts recentes

Ver tudo